22 de dezembro de 2015

Para Minnie ❤

Hoje, 22 de dezembro, completa um ano que minha Minnie se foi. A causa não se sabe de verdade, talvez tenha sido culpa dos que a amavam ou da veterinária, ninguém sabe.

Minnie estava comigo havia uns 7 anos, não lembro muito bem, mas, ela chegou em um momento turbulento, triste e trouxe a luz para aquela casa triste. Ela era pinscher com poodle, a coisa mais fofa que já tinha visto e meu novo amor. Minnie nunca engravidou, não deixamos. Preferiamos que ela ficasse "brincando" com nossas pernas (eca) e com os ursinhos. 

Minnie sobreviveu a veneno de rato, a dias com fome, a esfregadas na cara (da minha mãe quando ela fazia xixi aonde não podia :c).

No meio de 2013 nós se mudamos para outra casa e adivinha quem veio com a gente? A Minnie. Logo no primeiro dia de mudança, acordei com minha mãe gritando, procurando por ela. Nesse momento a imaginei correndo na rua, perdida e um grande caminhão atropelando ela. Acharam ela cheirando o quintal do vizinho. 

No final de 2014, a Minnie engravidou. Foi tudo muito rápido. A veterinária disse que era uma gravidez de risco porque era pequena e já estava velhinha. Minnie passou muitas horas em trabalho de parto, sem conseguir colocar os cachorrinhos pra fora. Levaram ela a noite para o hospital e os cachorrinhos já estavam mortos. 

Minnie sobreviveu só 3 dias depois de uma cirurgia mal feita e sem acompamento, por uma veterinária irresponsável e sem coração, que só ligava para seu bolso e nada mais. 

Ela não balançou mais o rabinho depois da cirurgia, estava com o olhar triste e nem quando me via se alegrava. Foi uma morte lenta e muito dolorosa. Um dia antes de ela morrer, fiquei do lado dela, chorando. Vi minha cachorrinha gemendo de dor sem poder fazer nada, nenhum dinheiro tinha poder naquela hora. Minha mãe não deixou eu vê-la morta, disse que era melhor eu ficar com os momentos bons.

Minha pequena Minnie era a cachorrinha mais fofa do mundo, mais educada e carinhosa. Ela não mordia, não era barulhenta, dava muito carinho e quando você dizia “com licença ” ela até saia da frente. Sem mentira. Amava cada um da família (menos um primo meu), adorava carinho na barriga, amava comer sorvete e chocolate, odiava gente bêbada. 

Confesso que não lembro muito, foram 7 anos, mas, com 1 ano esqueci um pouco do jeitinho dela. Passou rápido demais e ainda me pego sentindo falta dela. 

Não sei se percebeu com certeza percebeu eu sou muito sentimental com cachorrinhos, ainda mais quando é meu. Não pude deixar de lembrar e fazer um textão para ela (amo Minnie e textão).

Obs: ganhei uma cadelinha esse ano, ela é ao contrario da Minnie haha. É grande, barulhenta, não é muito fofa, mas é meu amorzão. 





Create a dream



Beijos da Kah

12 comentários:

  1. Poxa TT_TT chorei muito agora lembrei de um cachorrinho que tive e como doi perder um amigocao ne o meu morreu com 15 anos tava velhinho fico triste pela veterinaria q escolhe uma profisao tao linda mas pelos motivos errados


    http://estilodenerd42.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente fico triste por ela ter escolhido uma profissão tão linda e fazer uma coisa dessa. Fiquei mais triste ainda porque veio de uma pessoa que exerce a profissão que eu quero. Mas, já passou e espero que ela não faça com outros o que fez com a Minnie.

      Bjs.

      Excluir
  2. Isso me fez lembrar dos animais que passaram por mimha vida. Até hoje não consegui criar mais animais por conta das tristezas que vivi com as perdas. Texto lindo.. Rsrsrs ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tive muitos animais, mas, a perda da Minnie vale como se eu tivesse perdido umas 10.

      Obrigada ❤

      Excluir
  3. Nossa, sei é triste, mas eu não sou muito sentimental, até porque não sou fã, mas tenho cachorro aqui em casa e sei como é ruim ver a aflição da minha irmã quando acontece alguma coisa com elas, é um sentimento inesplicável e sei que vamos nos apegando a eles!! Tenho 4 aqui em casa que eu praticamente suporto kkk mas sei que também deve ser muito ruim uma casa vazia e sem nenhum sinal delas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UAU haha, minha mãe também suporta, cuida da minha Lili (nova cachorrinha) por causa de mim. Lili vale por uns 10 cachorros.

      Excluir
  4. Poxa vida... Sinto muito pelo ocorrido. Que fiquem os momentos felizes, nunca os tristes. Meu cachorrinho uma vez quase morreu por descuido de veterinária, mas nem lembro mais disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou guardando só os bons ❤ pra não ficar mais triste. Haha.

      Bjs.

      Excluir
  5. Oi, Kah!
    Também faz algum tempo que perdi meu cachorrinho. É muito triste! Sei exatamente como se sente. Bj pra vc ;)

    ResponderExcluir
  6. Sei exatamente como é, infelizmente esses seres de tamanho pequeno ou grande nos fazem um bem incomum, sinto falta do meu lindo companheiro, sofri e agora optei por apenas admirar o dos outros, não aguentaria um sofrimento igual ao que passei!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá, não posso dizer que sei o que você está falando, pois não sou apegado a animais, mas que é difícil passar por isso eu sei... Um grande abraço, e até mais!

    Jorge
    Diurnos Leitores

    ResponderExcluir